"Momento da Lei"

October 2, 2018

JORNADA DE TRABALHO

A legislação trabalhista estabelece, salvo os casos especiais, que a jornada normal de trabalho é de 8 (oito) horas diárias e de 44 (quarenta e quatro) horas semanais.

A legislação dispõe ainda que não sejam computados na jornada normal diária os 5 (cinco) minutos antes e 5 (cinco) minutos depois da jornada de trabalho, observado o limite máximo de 10 (dez) minutos diários.

 

CÔMPUTO DAS HORAS

A apuração da jornada de trabalho para fins de pagamento de horas extras ou desconto de faltas, deve-se levar em consideração, principalmente, os acordos e convenções coletivas de trabalho que normalmente ditam normas específicas para as respectivas categorias profissionais e regiões de abrangência.

 

Exemplo de horário:

 1 ) Jornada diária = 07:30 horas ás 17:30 ( intervalo de 1 hora e 10 minutos) → 44:00 horas semanais

 

2 ) Jornada diária = 07:00 horas ás 17:00 ( intervalo de  2 horas ) + sábado das 08:00 às 12:00 → 44:00 horas semanais.

 

Acima dois exemplos de horários de trabalho comumente utilizados na industria e comércio.

 

Banco de horas:

A adoção do sistema de acordo de banco de horas para os empregados, visa maior facilidade na gestão e flexibilidade no controle de horas dos empregados, esse acordo é homologado entre empregados e empresa de forma que se cumpra todos os parâmetros pré estabelecidos neste acordo.

 

Folgas:

Os funcionários tem direito a no mínimo um dia de descanso semanal, em alguns casos como no exemplo um o funcionário descansa dois dias sábado e domingo.

Essas folgas duplas podem também ser intercaladas, algumas empresas utilizam dias úteis para folga, assim como dias intercalados, ou seja pode ocorrer da folga semanal ser uma semana no sábado e outra no domingo

 

A lei garante o direito do empregado ao descanso em dias de feriado ou a remuneração em dobro pelos feriados trabalhados e não compensados (artigo 9º da Lei 605/49). Assim, se o trabalho no feriado for compensado com folga em outro dia da semana, o empregador não estará obrigado ao pagamento da dobra.

 

O trabalho prestado em domingos e feriados, não compensado, deve ser pago em dobro, sem prejuízo da remuneração relativa ao repouso semanal.” Ou seja, havendo trabalho em feriado, será devido o pagamento do dia trabalhado de forma dobrada; havendo compensação, não será devida a dobra, mas apenas a remuneração relativa ao repouso.

 

fontes: 

http://www.guiatrabalhista.com.br/guia/jornada_computo_horas.htm

http://www.sindecolon.com.br/noticia/Trabalho_em_feriado_compensado_com_folga_em_outro_dia_nao_e_remunerado_em_dobro

 

Please reload

Posts Em Destaque

Essência Kids, publica seu 1º post.

March 29, 2017

1/6
Please reload

Posts Recentes

March 23, 2020

November 1, 2018

October 5, 2018

October 4, 2018

October 3, 2018

October 2, 2018

October 1, 2018

September 28, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Essência Serviços®           rev02-2020  |  atendimento@esce.com.br  |  (22) 2759-3688